Google+

7 casos em que as mídias sociais podem prever o futuro

Muitos estudos são realizados com base naquilo que postamos nas redes sociais. Assuntos como economia, moda e política, por exemplo, estão entre os mais comuns. Sendo assim, não é surpresa reconhecer as redes como verdadeiros instrumentos de análise de comportamento. E por que não também capazes de prever o futuro?

1- Eleições

Esse ainda é um método nada científico de prever resultados de eleições, mas é impossível negar que as menções em redes sociais têm sim alguma influência no resultado final desse tipo de pleito. Não apenas o resultado é afetado pelas menções nesses serviços, mas ele também pode ser medido de antemão dessa forma.

2 – Da mesma forma que para as eleições, o mercado financeiro tem uma relação bem próxima com as redes sociais.

Igualmente, no entanto, é impossível confiar apenas nesses dados para ter uma visão do futuro. Ou seja, as timelines do Twitter, Facebook e outras podem ajudar a prever e mudar o mercado, mas são somente mais um indicador entre vários outros.

3 – Compras e hábitos de consumo

Assim como os movimentos do mercado financeiro podem ser previstos com base no Twitter, os comportamentos individuais de compra também. Cada vez mais empresas estão usando a publicidade dirigida para esse fim, conseguindo prever as necessidades de uma pessoa e supri-las com o seu produto sem que isso seja expressamente declarado.

4- Performance profissional

Não é nenhum segredo que, ao contratar alguém, os responsáveis pelo RH da empresa muito provavelmente vão procurar aquele nome no Google e fazer uma análise nos perfis daquela pessoa nas redes sociais. Isso é uma forma bem interessante de prever se aquele funcionário vai se encaixar nos valores e demandas do novo cargo.

5 – Os seus movimentos e hábitos de deslocamento

Se você usa as redes sociais em conexão com aplicativos de deslocamento (launchers que mostram o trânsito ou até o próprio Google Maps e o Google Now), é uma questão lógica que esses dados se cruzem e você tenha todos os seus movimentos previamente calculados.

6 – Crises em relacionamentos

Prever esse tipo de situação é algo delicado, mas que pode ajudar pessoas mais próximas a lidar com as alterações de humor desses amigos, mesmo antes de serem oficialmente comunicadas de algo. Estudos também mostram que pessoas que estão passando por crises nos relacionamentos usam mais as redes, mesmo que não seja para reclamar de algo ligado ao assunto.

7 – Prevenção de tentativas de suicídio

Muitas pessoas, antes de uma tentativa de suicídio, postam mensagens relacionadas a esse fato em alguma rede social. Como uma forma de tentar “pedir socorro” uma última vez, esse tipo de postagem é bem comum em redes como o Twitter e o Tumblr, locais nos quais os usuários se sentem mais à vontade para tratar de assuntos particulares com estranhos. Apesar de serem vistos por muitos como uma forma de tentar chamar a atenção, a verdade é que esse tipo de comportamento pode ajudar os amigos e conhecidos virtuais a salvarem a vida de alguém.

Com informações do Tecmundo.

Posted on outubro 9, 2014 in 7 Coisas, Blog

Share the Story

Back to Top