Google+

O Google colocará uma opção de compra no resultado das buscas

google-buscas-mobile-botao-comprar

Mais uma novidade do Google que promete uma pequena alteração no resultado das buscas realizadas será a inclusão do botão comprar que aparecerão no alto de seus resultados.

Essa notícia vem do jornal norte-americano Wall Street Journal (WSJ), que a ouviu de fontes “próximas ao assunto”. De acordo com a reportagem, o botão aparecerá nos resultados patrocinados (ou pagos) de pesquisas por produtos feitas em dispositivos móveis. Esses anúncios serão identificados com um sugestivo título de “Shop on Google“, e os usuários que clicarem no link serão redirecionados a outra página, que ainda ficará dentro dos domínios da empresa.

O Google está realmente apostando todas as fichas na nova forma de navegação da população mundial através dos smartphones, quando no mês de maio, tivemos a notícia que o maior acesso vinha justamente do celular.

imagem --> digitalprimews.com

O grande lance do Google em toda essa brincadeira é que os produtos serão fornecidos e vendidos por lojas parceiras do Google – que inclusive poderão oferecer algumas vantagens interessantes, como entregas mais rápidas. Além do mais, essas páginas onde as compras serão fechadas exibirão apenas sugestões de produtos do mesmo vendedor.

Você deve ficar se perguntando, e onde ficarão as informações de compra do usuário como forma de pagamentos? É meu amigo, ficarão com a gigante das buscas, que inclusive poderá memorizá-los caso o comprador queira agilizar as próximas aquisições. E as lojas parceiras? Essas receberão apenas endereços de e-mail e outros dados um pouco menos sensíveis – assim como o dinheiro da compra, é claro 🙂 .

Ainda não temos uma data definida de quando isso vai rolar, mas a novidade ficará limitada aos smartphones, onde o Google ainda não consegue ganhar tanto com anúncios de lojas. E de acordo com o WSJ: “navegar até a página da loja, informar dados de cartão e endereço de entrega em uma tela pequeno de celular pode ser um grande contratempo”.

Ainda pela reportagem do WSJ, “compradores estão usando os apps da Amazon, do eBay e de outros rivais, onde seus dados já estão armazenados e compras podem ser feitas com menos cliques”. Pelo visto é algo que o Google almeja nos próximos anos.

Fontes: Info / WSJ

Posted on junho 1, 2015 in Blog

Share the Story

Back to Top